ARTIGO

Artigo – Lendas e Mitos – Arthur Del Guércio Neto.
img

Aproximam-se as Festas de Final de Ano, época repleta de amor e ternura, assim como de muita imaginação, em torno de lendas que se misturam com a realidade. Encontraremos o Papai Noel? Pular sete ondas garantiria pedidos para 2019?

Lendas existem em inúmeras épocas do ano e segmentos da sociedade, e nesse contexto se encaixa a atividade notarial e registral, aquela prestada pelos cartórios (serventias extrajudiciais).

Algumas dessas principais lendas e mitos serão desfeitas no presente artigo.

Você herdou ou ganhou o cartório de seus pais? Pergunta habitualmente feita, cuja resposta é um sonoro NÃO! Há longa data, a única maneira de se ingressar na atividade é por intermédio de um disputadíssimo concurso público, no qual, em regra, concorrem bacharéis em Direito. A disputa é árdua, composta por gabaritados profissionais que almejam ser tabeliães ou oficiais de registro, popularmente conhecidos como “donos de cartórios”.

Estudar, diga-se de passagem, não é necessário somente para iniciar a atividade. Ao longo da mesma, leituras, cursos são imprescindíveis para formar um profissional qualificado. Foi-se o tempo em que a forte lenda do “batedor de carimbo” aplicava-se à atividade notarial e registral, a qual é de cunho extremamente intelectual. Divórcios, inventários, testamentos, atas notariais, mediação/conciliação... tudo isso requer base acadêmica, sem a qual a atividade não pode ser prestada adequadamente.

É verdade que você trabalha todo dia? Se está em busca de sombra e água fresca corriqueiramente, fuja da atividade notarial e registral! A pessoalidade é uma das principais marcas da profissão, de forma que é preciso estar com frequência no cartório. Não só por isso, afinal de contas, é impossível realizar uma gestão adequada, voltada a um serviço com excelência, sem saber o que se passa no ambiente laboral.

Ser tabelião e oficial de registro requer muito empenho e dedicação; todo dia é uma nova missão, visando atender com esmero os anseios da população.

ARTHUR DEL GUÉRCIO NETO - Tabelião de Notas e Protestos em Itaquaquecetuba. Especialista em Direito Notarial e Registral. Especialista em Formação de Professores para a Educação Superior Jurídica. Escritor e Autor de Livros. Palestrante e Professor em diversas instituições, tratando de temas voltados ao Direito Notarial e Registral. Coordenador do Blog do DG (www.blogdodg.com.br)

Ainda não existem comentários para este Post!!!

Seja o primeiro a comentar!!!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Todos os campos são obrigatórios!